sábado, 31 de dezembro de 2005

Lentilhas e metafísica

Ano novo, vida nova! As vitrines estão abarrotadas de roupas brancas. Alguns, entretanto, preferem fugir à regra e nos ensinam: amarelo para atrair dinheiro; rosa, amor; verde, esperança... Já teve retrospectiva 2005 na tv em todos os canais. A corrida de São Silvestre está rolando. Em milhares de casa, há lentilha no fogo, pernil no forno e champanhe na
geladeira. Quem mora perto do mar, já preparou as flores e o fôlego para pular sete ondas. As linhas telefônicas estão congestionadas. Milhões de pessoas estão fazendo listas mentais de promessas de ano novo que, provavelmente, jamais serão cumpridas... Como vocês podem ver: ano novo, vida velha! Hábitos antigos são mantidos de forma ritualística... o que me deixa um pouco desconfortável com o reveillon. Acho que eu queria entrar em coma em 26 de dezembro e só acordar em 5 de janeiro... Não sei bem o que me enerva tanto: a sensação de que estamos andando em círculo... a retrospectiva... a ingenuidade de acreditar que uma noite vai apagar tudo... meu mau humor... não sei, mas sinto-me aborrecida. Será mesmo tão importante esta última noite do ano? Calendários não são apenas convenções? Penso que nós devemos nos renovar a cada dia, a cada minuto. Fazer listas de intenções mais viáveis de serem colocadas em prática. Desejar paz a todos os amigos em todos os momentos que os encontramos ou nos lembramos deles. Penso também que devemos fazer balanços existenciais sempre que estivermos em fila de banco ou do detran...(do detran, principalmente). Bom... mas vou deixar para pensar nisso mais tarde. Agora tenho de temperar a lentilha e passar minha roupa. Branca, é claro. Ano novo!!!!

2 comentários:

Lorena disse...

nossa.. adorei o texto! ano novo, vida velha.. nao tinha pensado nisso e eu tbm sigo esses hábitos antigos jurando q vai mudar minha vida e q uma simples passagem de noite vai fazer uma diferença gigantesca...
mas eh bem verdade q toda essa empolgação de ano novo passa uma sensação mto boa de renovação, uma esperança de q as coisas vao melhorar, de q tudo vai começar do zero... eu sempre me contagio com esse "espírito de ano novo", por isso adoro reveillon
(msmo sendo uma coisa meio utópica)...
mas heim, FELIZ 2006 pra vc! tudo de bom =D

leny disse...

escrevi algo sobre isso...
leia!